terça-feira, 26 de abril de 2011

Como funcionam as Sondas Lambda (Sensores de Oxigênio)???



          Alguns sabem, que fui professor de mecânica de motos, no SENAI, de março 2008 até  março de 2011, quando deixei essa instituição para me dedicar integralmente à RIDE'n'ROLL Garage. Por isso, tentarei passar um pouco do conhecimento que adquiri ao longo destes 23 anos de mecânica.
          Desculpem-me aqueles, que já possuem esse conhecimento, mas quero passar o mínimo para o pessoal leigo compreender com as famosas SONDAS LAMBDA funcionam.
          Meu objetivo é deixar esse entendimento o mais simples possível, por isso, não pretendo fazer nenhuma tese.
         A função básica da SONDA LAMBDA é "cheirar" os gases que saem pelo escape, com isso ela vai informar a ECU (Módulo da Injeção Eletrônica) se a mistura está rica ou pobre. 

Obs: Mistura: é a mistura de ar e combustível, que o motor admite para fazer a queima dentro da câmara de combustão. Essa mistura deve ter uma relação ideal, que é chamada de RELAÇÃO ESTEQUIOMÉTRICA. Para a gasolina essa relação esta ao redor de 14 partes de ar, para 1 parte de gasolina. Isso na teoria e com gasolina boa, não é bem assim com o rabo de galo, que temos disponível no Lisarb.
        Aproveitando, dizemos que a MISTURA está POBRE, quando temos mais Oxigênio, que o ideal e MISTURA RICA, quando temos mais gasolina (combustível).

          Bom, já vimos o que é mistura e para que ela serve, então após o motor queimar essa mistura, ele expulsa os gases resultantes da queima (gases de escapamento). 
          Ai, ao passarem pela sonda ela "sente" a quantidade de Oxigênio, que esta disponível nessa massa de gases de escape.
          Mas como ela sente esse Oxigênio?? A Sonda Lambda é composta por um bulbo, onde são ligados fios, nos quais circula uma tensão elétrica, que é enviada pela ECU. Esse bulbo é composto de um material, que em contato com o Oxigênio, se oxida e em contato com a gasolina, volta ao estado normal.
          Ou seja, quando temos muito Oxigênio no escape, a sonda oxida e a tensão, que retorna para ECU é muito menor que a que foi enviada, ai ela sabe que a mistura está pobre. Ao contrário, quando a mistura esta rica, a tensão de retorno igual, ou pouco menor que a enviada.
          Então, quando a MISTURA está POBRE, a ECU refaz seus cálculos e aumenta a injeção de combustível, e quando está RICA, ela diminui o débto. Essa sequencia de informações é chamada de Ciclagem da Sonda.
          Há vários tipos de Sondas Lambda, mas as 2 mais conhecidas são as Narrow Band, que somente informam se a MISTURA está RICA ou POBRE e a Wide Band, que informa a quantidade exata de Oxigênio a todo instante de funcionamento do motor.
          Me deram uma idéia para complementar o artigo. O que acontece se a SONDA falhar, ou se for retirada.
          Se o responsável, pelo feito, não fez nenhuma alteração no veículo, o que irá ocorrer, quando a Sonda se danifica ou é retira é o seguinte:
          -- Basicamente a ECU entrará em estratégia de segurança. Como ela não consegue mais verificar a quantidade de OXIGÊNIO nos gases de escape, a ECU enriquece a mistura, para evitar uma falta de combustível. Isso evita danos por superaquecimento ou as famosas "batidas de pino".
          -- Porém nessa condição a ECU deixa de levar em conta alguns outros parâmetros, que outros sensores passam para ela. Ai começa o perigo, ela pode enriquecer tanto a mistura, caso raro, que esse excesso de combustível lava o lubrificante da camisa dos cilindros e faz o pistão trabalhar "seco", ou seja, o que chamamos de ferro com ferro. Sendo assim deixando de fazer o papel de segurança e promovendo o dano ao motor
          Então nunca rode por muito tempo com seu veículo, se ele apresentar problemas na SONDA LAMBDA ou estiver sem este sensor, pois certamente o motor terá sua vida útil diminuída.

           Acho, que já deu para compreender o funcionamento deste sensor, mas se restarem dúvidas, postem nos recados, que vou alterando conforme a necessidade.

Obs: Há muito mais a ser falado sobre essas sondas, mas o funcionamento básico delas, é o descrito acima.
          

16 comentários:

  1. Muito bom saber.... Muito bem explicado de simples e facil compreensão.... Parabens.....

    ResponderExcluir
  2. Essa é a intenção, trazer um pouco do meio técnico para o pessoal leigo. []s.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom! Obrigado pelo artigo.
    Abçs,
    FMGJ

    ResponderExcluir
  4. Legal esse artigo!! Então será que se o sensor tiver estragado, parou de funcionar um deles... será que a moto fica tipo falhando? Daria pra perceber?

    ResponderExcluir
  5. Nem sempre, mas em alguns casos essa falta de informação, ou a informação incorreta, pode causar confusão na ECU, o que pode gerar falhas no funcionamento do veículo.

    ResponderExcluir
  6. E como saber se o sensor está funcionando? A moto tem algum diagnóstico? Possível do dono fazer?

    ResponderExcluir
  7. Fala Edu, A moto mostra no LCD do painel, os códigos de falha que indicam os problemas dela.
    []s.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Fala Paulo, já te respondi por email.
    []s.

    ResponderExcluir
  10. Eu tentei o chicote que vai para o cabo da sonda e tá indicando 11v e não 12v,é normal

    ResponderExcluir
  11. Eu tentei o chicote que vai para o cabo da sonda e tá indicando 11v e não 12v,é normal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja se a tensão da bateria não está muito baixa.

      Excluir
  12. Tem diferenca entre sonda de carro e moto ? Quais ?

    ResponderExcluir
  13. Apenas para uma competição retirar a sonda poderia melhora o desempenho? A moto iria corta o giro na mesma faixa de rpm já que não teria a sonda para informar a ecu

    ResponderExcluir
  14. O epc do painel do meu carro ascendeu levei na oficina e depois de rastrear por computador foi acusado falha na sonda mas o mecânico testou e a sonda está boa.fiquei encucada. Ele disse q posso rodar sem preocupação mas o q será?

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde gostaria de saber se a sonda tem algum fusível de proteção.no caso da moto. Obrigado , parabéns

    ResponderExcluir